Apple iPhone5 Tim Cook

Jornalistas infiltrados filmam o interior da fábrica da Foxconn que produz o iPhone 5

foxconn-envoye-speciale-12-14-1-01-600x360

As paredes ao redor das instalações de uma das maiores fábricas da Foxconn são infamemente bem guardadas. As fábricas têm sido a fonte de uma grande quantidade de críticas por parte dos meios de comunicação devido às condições de trabalho inadequadas, e raramente, ou nunca deixam a imprensa entrar nas instalações.

Desta forma, a equipa do Envoyé Spécial, um programa de TV francês, teve que entrar disfarçada para entrar na fábrica do iPhone 5 de Zhengzhou para obter as respostas às suas perguntas de longa data, ou seja para saber por exemplo se as coisas estão realmente a melhorar na Foxconn.

Infelizmente, a julgar pelas imagens destes três vídeos, continua tudo na mesma. Os clipes, especialmente o segundo, mostram um retrato bastante sombrio da vida e do trabalho no interior da fábrica da Foxconn de Zhengzhou. Pode ver o trabalho desta equipa francesa nos vídeos que se encontram abaixo.

[youtube id=”Xx5feeoE3-8″ width=”600″ height=”350″]

[youtube id=”PaW1MCLaaxA” width=”600″ height=”350″]

[youtube id=”ksMb092MorY” width=”600″ height=”350″]

Segundo a reportagem, muitos dos dormitórios que você vê no segundo vídeo ainda estão em construção e, aparentemente, já estão assim há algum tempo. Estes dormitórios não têm electricidade, elevadores ou água corrente, e ainda assim os funcionários vivem neles.

E quanto aos edifícios que têm electricidade, estes são perigosos. Foi dito que um gerente da Foxconn alertou os funcionários para não conectar os dispositivos nas tomadas eléctricas dos seus dormitórios, porque oito trabalhadores foram mortos num incêndio após circuitos sobrecarregados.

E fica ainda pior. Os repórteres também se reuniram com vários trabalhadores estudantes que, embora fossem maiores de idade, estavam a trabalhar na Foxconn contra a sua vontade. Afirmaram que os administradores das escolas onde estudavam, ameaçaram tirar os seus diplomas se recusassem o trabalho.

Os repórteres do Envoye Spécial acreditam que muitos destes problemas são resultado da Foxconn tentar acompanhar a demanda do iPhone 5. Um funcionário disse que, por o aparelho ser tão difícil de construir, a empresa tem de recrutar vigorosamente a fim de compensar o volume de negócio dos trabalhadores frustrados.

Em resposta à reportagem o Engadget contactou a Apple e a Foxconn para comentarem o assunto. Ao qual a Apple respondeu o seguinte:

“A Apple está comprometida com os mais altos padrões de responsabilidade social em toda a nossa cadeia de fornecimento mundial. Nós insistimos que todos os nossos fornecedores forneçam condições seguras de trabalho, tratem os trabalhadores com dignidade e respeito, e utilizem processos de fabricação ambientalmente responsáveis ​​onde quer que os nossos produtos sejam feitos. “

Em Março Tim Cook visitou a fábrica de Zhengzhou enquanto teve na China e, parecia que as condições na fábrica tinha vindo a melhorar. Mas agora está começar a parecer que os problemas estão apenas a ser varridos para debaixo do tapete, enquanto a imprensa está ao redor.

Deixa um comentário!

Powered by http://iphoneportugal.com