Apple iOS

DEA afirma que é impossível espiar conversas do iMessage da Apple devido à sua encriptação

O CNET obteve um documento “sensível” do Departamento Antidroga dos EUA (DEA – Drug Enforcement Agency) que diz que é impossível para as agências policiais espionarem conversas do iMessage, mesmo com uma ordem judicial, devido ao tipo de criptografia utilizada pela Apple.

O memorando parece estar destinado a informar os agentes da DEA que, embora possam ter a intimação apropriada para receber mensagens SMS, eles podem não estar a receber todas as mensagens enviadas e recebidas se o alvo está a usar o iMessage.

Os investigadores de segurança sugerem que pode ser possível a Apple cumprir os mandados de busca e as intimações do governo e entregar dados do iMessage, porém o memorando da DEA diz que é atualmente “impossível intercetar iMessages entre dois dispositivos da Apple”.

Os funcionários da DEA descobriram que o iMessage poderia ser um impedimento para os seus esforços, quando um sistema de vigilância eletrónica em tempo real nos termos da Lei Federal Wiretap não produziu todas as mensagens de texto de um alvo. A agência, descobriu então que a pessoa estava a usar iMessage, contornando assim os serviços de mensagens de texto da operadora Verizon.

A Apple revelou em Janeiro que são enviados 2 mil milhões de imessages por dia dia a partir de 500 milhões de dispositivos iOS, além de computadores Mac, que receberam suporte ao iMessage no ano passado. As contas iMessage permitem aos utilizadores enviar e receber as suas mensagens de forma segura em todos os seus dispositivos da Apple.

Deixa um comentário!

Powered by http://iphoneportugal.com